IMPOSSÍVEL DE ATURAR


Escutar as diferentes vozes em diferentes degraus que, por estes dias, nos vão "explicando" as manobras da política e dos seus derivados e chico-espertismos executores bem como a forma transparente com que vão lidando com as coisas, só me faz lembrar e, consequentemente ter a certeza, de que o exercício da política é falso, aldrabão e mentiroso.
E toda essa falsidade, aldrabice e mentira é caucionada em nome do altruísta e sempre tão disponível "superior interesse nacional".
E o "superior interesse nacional", é uma prostituta que dispõe de diversos nichos de negócio/mercado, devidamente identificados e não se sabe se regularizados tributariamente, sempre pronta para todos os serviços vá, e nem sempre de higiene certificada, pois que há sempre uma nebulosidade estratégica a condicionar a visibilidade sobre as partes, dependente de favores, sms, emails e palmadas ou facadas nas costas, ou serviços "à la carte", conforme o recomendável.
Pelo que que se tem visto nestes anos, toda esta amálgama de acontecimentos e normalidades resume de forma mais ou menos regimental o país real, aquele que todos nós conhecemos e que permanece ausente das "cabeças certas"...
Pobre, falido ou no limiar da falência, improdutivo, impossível de governar e... "impossível de aturar"!

©AL.2017 

Comentários